quinta-feira, 6 de novembro de 2014

Museu da Vida - Fiocruz

Em um sábado de sol forte no Rio de Janeiro  você pensa em ir praia certo? 
No meu caso não, por odiar praia lotada resolvi levar minha sobrinha para conhecer a  Fundação Oswaldo Cruz , a fundação abriga em sua propriedade um misto  de atrações destinadas aos públicos infantil e adulto. Dois deles, o histórico Palácio Mourisco  e o Museu da vida , recheado com exposições, passeios, teatros , buscando mostrar aos visitantes  os conceitos do conhecimento científico e tecnológico de uma forma lúdica.Já no Museu da Vida, os processos científicos são os temas das mostras e atividades realizadas em laboratórios multimídias, vídeo e palcos do teatro. Entre as atrações, fazem sucesso os itens expostos na sessão Passado e Presente - Ciência, Saúde e Vida Pública, onde é retratada a evolução do cenário do Rio de Janeiro. 

O público é convidado a desfrutar de um  passeio  que explora  as imediações do castelo. E é feito muitas explicações como o desenvolvimento do Rio de Janeiro, e tem exposições nos três andares que exploram em seu tema a construção do Palácio  e a vida de Oswaldo Cruz. 


A primeira parada da visita é o muro que conta a história da FIOCRUZ e seus ilustres personagens: Oswaldo Cruz, Carlos Chagas, o barbeiro, etc.


Logo a Monitora nos encaminhou para o Teatro ciência em Cena pois o espetáculo infantil Aprendiz de feiticeiro já  ia começar a peça é um texto de  Maria Clara Machado e dirigida por Letícia Guimarães, fala com humor sobre o mundo das descobertas científicas e busca levar as crianças a refletir sobre questões éticas da atualidade, como melhoramento de alimentos e pesquisa com seres humanos. No espetáculo, muitas confusões acontecem no laboratório do doutor Uranus Octavius Octopus de Almeida, que busca encontrar uma fórmula capaz de acabar com a fome no mundo. Minha sobrinha Emilly amou a peça .

Foto retirada do site da fiocruz, pois não pode fotografar o espetáculo .

Saindo do Teatro ficamos um tempinho no Parque da Ciência , tempinho pq a área é aberta e estava um sol de cachar coco como diz a Emilly rsrs

O  Parque é bem organizado e se divide  em três temas : Energia, Comunicação e Organização da Vida, não deu pra curti muito esse ambiente pois o sol estava escaldante. 




Seguimos para piramide onde funciona o Salão de Jogos e Experimentos, lá o visitante encontrará uma diversidade de atividades interativas , os que a Emilly mais gostou foram:
Bancada Micromundo: observar ao microscópio: protozoários, insetos e tecidos do corpo humano;
Faça Uma Célula: montar e observar modelos de células feitos com materiais caseiros (às terças-feiras à tarde, para professor de Biologia com sua turma)
Painel de Jogos: Vira-Vira e Quebra-Cabeças: brincar com jogos de memória, de associação, de montar seqüências e divertir-se com o seu grupo de visitantes.


Logo ali funciona a Biblioteca de Manguinhos porem estava fechada para tristeza da minha sobrinha que queria a qualquer custo ir na bendita Biblioteca 



Sempre monitoradas por guias seguimos para o castelo da Fiocruz , lindo e imponente  de arquitetura árabe , o palácio foi  palco de grandes descobertas e avanços cientifico  e hoje abriga as atividade de passado e presente . os ambientes serviram de escritório e laboratório a Oswaldo Cruz , lá conhecemos também a trajetória de Carlos Chagas , ambos grandes mentores da Ciência e Saúde . O difícil foi convencer a Emilly que naquele Palácio não tem Princesa.












Emilly ,eu e Oswaldo Cruz



O Museu está aberto durante todo o ano, funcionando de terça a sexta-feira, das 9h às 16h30. Aos sábados o Museu está aberto das 10h às 16h.


Importante!!!
De terça a sexta-feira as visitas devem ser agendadas previamente. Aos sábados não é preciso agendamento.
Todas as visitas e atividades são gratuitas.


Como chegar


É fácil vir ao Museu da Vida, difícil é querer sair !
O Museu da Vida fica no campus da Fundação Oswaldo Cruz, Av. Brasil, 4365, Manguinhos, Rio de Janeiro. Funciona de terça a sexta-feira, das 9h às 16h30 e as visitas devem ser agendadas com um mês de antecedência. Aos sábados, está aberto de 10h às 16h, não sendo necessário o agendamento. Todas as visitas são gratuitas. O Museu da Vida conta com estacionamento para ônibus e automóveis.
A entrada também pode ser feita pela Rua Leopoldo Bulhões, 1480.
Os seguintes ônibus passam aqui na porta:
Zona Sul

484 - 485 (via Av. Brasil) - 497 - 498.

Centro
355 - 386 - 384 - 375 - 322 - 292 - 393 - 394.
Zona Norte
665 - 634 - 696 - 320 - 696 - 484 - 350 - 371 -328 e 329 (ambos via Av.Brasil).
Zona Oeste
393 - 392 - 370 - 300 - 398 - 397 - 399.
Niterói
998 - 140.
Baixada Fluminense
112B - 139 - 140.
Entre em contato conosco, pelo telefone 2590-6747.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...